Imprimir

Endodontia

Endodontia é a especialidade da odontologia responsável pelo estudo da polpa dentária, de todo o sistema de canais radiculares e dos tecidos periapicais, bem como das doenças que os afligem. Em casos de alterações por cárie, fraturas dentárias, trauma dentário, lesões endo-periodontais, necessidades protéticas e outras patologias endodônticas, o tratamento endodôntico (ou o tratamento de canal) está indicado, visando a manutenção do dente na cavidade bucal, e a saúde dos tecidos periapicais.

Imprimir

Dentística

Ao citar-se a palavra “Dentística”, percebe-se ser um termo desconhecido pela população. No entanto, das mais lembradas quando são citados os seus procedimentos: restaurações, clareamento dental, profilaxia, colagem de dentes fraturados.

Define-se Dentística como a especialidade da Odontologia que trata das alterações dos dentes e tecidos circunvizinhos. Em outras palavras, é a área da Odontologia responsável por tratar da doença cárie, suas repercussões sobre a estrutura dental e alterações de forma, textura e cor dos dentes, devolvendo aos pacientes a saúde e aos dentes a estética, a função e a anatomia.

A Dentística é suportada por três conceitos atuais e fundamentais: promoção de saúde oral, preservação de estrutura dental e estética dental ou do sorriso. A seguir, estes três conceitos são comentados separadamente apenas por questão didática.

Imprimir

Cirurgia Buco Maxilo Facial

A cirurgia buco maxilo facial é uma especialidade odontológica que trata defeitos de nascença, de doenças, traumatismos, mau crescimento crânio- facial, deformidades e outros problemas que envolvem a região do osso hióide e o osso frontal, do tragus até a pirâmide nasal.

Pode ser realizada em ambulatórios ou consultórios quando a cirurgia é considerada pequena tipo remoção de dentes inclusos, pequenos tumores benignos, cistos, lesões peripicais ou paradentais, implantes dentários, adaptações protéticas sob anestesia local ou em hospitais quando a cirurgia é considerada de maior risco como remoção de grandes tumores, fraturas faciais, cirurgias ortognáticas e outras que necessitam de maiores cuidados e anestesia geral.

A cirurgia também pode ser feita quando ocorre deformidade facial conseqüente de doenças como câncer, AIDS, tuberculose e sífilis.